27.04.2018 | 10h46

Celso de Mello sucinto? Acredite se quiser

Conhecido por votos longos, que chegam a passar de uma hora, como no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, Celso de Mello mostrou que também sabe ser sucinto.

Na sessão do Supremo Tribunal Federal de quinta-feira, 26, pode ter quebrado um recorde pessoal. Como observou Lydia Medeiros, no Globo, o ministro resumiu seu voto em um segundo. “Voto com o relator”. Só.


Mais conteúdo sobre:

Celso de MelloSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO