11.09.2018 | 19h59

Celso de Mello nega pedidos petistas

Horas após Fernando Haddad ser indicado oficialmente como candidato do PT à Presidência da República, o ministro Celso de Mello, do STF, negou pedido do partido para suspender decisão do TSE que obrigava o partido a indicar nesta terça-feira, 11, um substituto ao nome de Lula como cabeça de chapa. Os petistas queriam mais tempo para indicar um nome. Celso de Mello também negou suspender a decisão que indeferiu o registro do ex-presidente. As informações são do Blog do Fausto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO