02.11.2018 | 11h46

Celso de Mello diz que não se sentiu ‘ultrajado’

O Supremo Tribunal Federal divulgou nota oficial nesta manhã de sexta, 2, para contestar a informação, publicada na coluna Painel, da Folha, de que o ministro Celso de Mello “ter-se-ia sentido “ultrajado” com a perspectiva de posterior indicação de Sérgio Moro ao STF, em vaga decorrente da futura aposentadoria do decano. O Ministro Celso de Mello jamais deu qualquer declaração a respeito do assunto e repudia, veementemente, a notícia divulgada”.

 

 


Mais conteúdo sobre:

Celso de Mellosergio moro
VOLTAR PARA O ESTADÃO