09.04.2018 | 15h41

CCJ acelera proposta que prevê prisão em segunda instância

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Daniel Vilella (MDB-GO), vai indicar nos próximos dias um relator para a proposta de mudança constitucional que torna automática a prisão de quem for condenado em segunda instância.

Para o deputado, o “Congresso não pode se omitir em relação ao assunto”. Além disso, ele lembra que, se for aprovada, “a mudança não pegará apenas corruptos, mas grandes traficantes e outros criminosos”, diz. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO