22.10.2018 | 18h35

‘Cavalo dado não se olha os dentes’

Apesar de Marina Silva ter “batido” bastante em Fernando Haddad durante a campanha do primeiro turno, o petista parece não estar em condição de recusar apoio. Em seu Twitter, Haddad disse estar “honrado” com a declaração de “apoio crítico” da ex-candidata do Rede. “O voto de Marina me honra por tudo que ela representa e pelas causas que defende. Esse reencontro democrático me enche de orgulho”, disse.


Durante esta eleição, Marina tentou colar a imagem de Haddad a da ex-presidente Dilma Rousseff. Foi também chamado de “extremista” quando a candidata se colocava como uma alternativa a polarização entre o petista e Bolsonaro. E tomou uma “bronca” de Marina durante o debate da TV Globo por não reconhecer os erros cometidos nas gestões do PT. “Você reitera os erros cometidos”, disse Marina na ocasião.

VOLTAR PARA O ESTADÃO