18.02.2019 | 09h59

Cautela na reforma

“Faltam muitas explicações, faltam muitas definições, faltam muitos detalhes. Mas os mercados ouviram o que queriam ouvir: o núcleo da reforma da Previdência de Bolsonaro, que será encaminhada ao Congresso nesta semana”, escreveu Cida Damasco no Estadão.

Analisando as primeiras respostas do mercado sobre a proposta, a colunista aponta que a caminha da reforma teve um bom início, foi positiva. Mas lamenta que a prioridade das prioridades esteja misturada numa enorme enrascada em razão da briga da família Bolsonaro com o ministro Gustavo Bebianno.


VOLTAR PARA O ESTADÃO