19.10.2018 | 14h05

Cautela do TSE contra fake news

Em meio às cobranças do PT e seus aliados por uma ação mais dura contra as fake news, ministros do TSE têm reafirmado a disposição de agir com cautela e respeito à liberdade de expressão, segundo reportagem da Folha.

Os ministros defendem campanhas educativas, monitoramento das redes sociais e “fair play” por parte dos políticos. Nos casos em que a notícia falsa atingir candidatos, a Justiça só se pronunciará se for provocada, para não ser acusada de partidarismo. “A Justiça Eleitoral tem atuado e continuará atuando, em cooperação com as autoridades da segurança, dos órgãos de prevenção e também de combate às condutas ilícitas, irregulares e abusivas”, disse o ministro Edson Fachin, do TSE e do STF. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO