22.02.2019 | 12h19

Caso Bebianno mostra despreparo

“Desde antes da eleição eu vinha dizendo que o julgava completamente despreparado para o cargo. A forma como agiu no episódio da fritura e demissão do ministro Gustavo Bebianno mostra que eu fora tímido em minha avaliação”, escreveu Hélio Schwartsman na Folha.

Ainda assim, o colunista afirma que não dá para ter certeza de que essa administração “já era”. Mesmo no governo, há muita coisa que não está diretamente sob a influência entrópica do presidente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO