06.09.2018 | 08h04

Caserna indócil

Os militares estão indóceis. Em sua coluna nesta quinta-feira no Estadão, William Waack constrói um apanhado de conversas com representantes de alta patente das Forças Armadas, entre eles dois comandantes, todos falando sob a condição de anonimato. Eles se preocupam com o risco de haver alguma agitação –que localizam na chance de o STF conceder uma decisão pró-Lula ou de um movimento grevista que paralise o País– e com a falta de autoridade do governo.

“Oficiais generais não manifestam qualquer disposição para a tal “intervenção” militar. Mas se perguntam, sem conseguir responder, o que fazer se houver rompimento de um tecido social já “esgarçado” (expressão muito usada por eles)”, escreve o colunista.


VOLTAR PARA O ESTADÃO