14.11.2018 | 12h59

Casagrande quer as Docas

Um dos pedidos do governador Renato Casagrande (PSB), do Espírito Santo, ao presidente eleito é a estadualização das Companhias Docas, empresas vinculadas ao governo federal responsáveis pela administração de portos em oito Estados. “Temos (os Estados) mais proximidade para dar mais agilidade à abertura da nossa economia para o mundo”, justificou ele em reunião de governadores, nesta tarde de quarta, 14, em Brasília.

Espírito Santo, com Pará, Paraíba e Amapá são os Estados que não aumentaram seus gastos com pessoal em 2017, segundo relatório do Tesouro Nacional divulgado ontem.


Mais conteúdo sobre:

espírito santoDocas
VOLTAR PARA O ESTADÃO