18.02.2019 | 23h03

Carta do BR18: Desafio de Bolsonaro é não deixar que demissão de Bebianno contamine seu governo

Por Marcelo de Moraes*

Depois de passar quase uma semana ardendo na frigideira do governo, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, foi finalmente demitido hoje por Jair Bolsonaro. Mas, apesar da exoneração, a crise causada com a saída do ministro levanta mais dúvidas do que alivio para o governo. Aliados do presidente temem que o desgastante episódio contamine o governo, atrapalhando, por exemplo, a aprovação de projetos importantes como a reforma da Previdência ou o processo de desestatização.

Essa incerteza tem razões para existir. Uma delas é saber como será a participação dos filhos do presidente dentro de seu governo. Na queda de Bebianno, Carlos Bolsonaro teve papel central e ninguém é capaz de garantir que isso não voltará a acontecer. Outro problema é que Bebianno começou a cair depois de sofrer acusações de estar supostamente envolvido num esquema irregular de candidaturas laranjas do PSL, partido do presidente. Essas investigações têm mostrado que o PSL pode estar mais enroscado do que se imaginava e já colocam o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, na linha de tiro.

Bolsonaro substituiu Bebianno por mais um militar de alta patente, o general Floriano Peixoto. E começa, agora, a tentar provar para os aliados que nada mudou dentro do governo. Bebianno fazia a ponte entre Planalto e Congresso com importantes líderes, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Sem ele, o presidente parece estar disposto a assumir pessoalmente a coordenação política do governo, até agora um dos pontos mais capengas de sua administração. Bolsonaro se reunirá amanhã com bancadas de partidos aliados, incluindo o PSL, e levará pessoalmente ao Congresso, na quarta, a proposta de reforma da Previdência.


No meio de toda essa confusão, o Congresso também aguarda para amanhã a chegada do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Quer saber mais? Receber as principais notícias do BR18 no seu e-mail? É só se cadastrar na nossa newsletter, na caixa que fica na coluna da direita aqui do site.

Você vai receber um e-mail por dia com os assuntos mais importantes sobre a política nacional.

VOLTAR PARA O ESTADÃO