16.07.2018 | 23h00

Cármen libera o ‘Internet para Todos’

A presidente do STF, Cármen Lúcia, derrubou na noite desta segunda-feira, 16, a liminar que impedia o prosseguimento do programa “Internet para Todos”, decidida pelo TRF-1 a pedido da uma operadora de telecomunicações local. Na ocasião, a justiça amazonense entendeu que haveria risco à “soberania nacional” pelo fato de que o serviço de banda larga e satélite de 3,8 mil municípios seria comandado por uma empresa americana com contrato com a Telebras.

“Demonstramos para a Justiça que a parceria para a exploração da Banda Ka do SGDC foi feita com lisura e base legal”, afirmou  o presidente da Telebras, Jarbas Valente. A liminar derrubada ainda limitava o processo eleitoral, já que os votos da região Norte demandam o uso de satélite.


Mais conteúdo sobre:

Telebrás
VOLTAR PARA O ESTADÃO