13.07.2018 | 15h27

Cármen fala da (in)segurança

Em meio às críticas ao ‘mau exemplo’ do STF em decisões monocráticas e às vezes consideradas partidárias, Cármen Lúcia publicou um texto no jornal O Globo para reiterar a importância da isenção dos juízes. Ela afirma que “erros podem acontecer”, mas que não podem “ser tolerados nem deixar de ser corrigidos”, para garantir a segurança jurídica.

Cármen ainda justifica que nem sempre a população compreende todo o processo da Justiça e insiste que há mecanismos, órgãos e leis que se encarregam de corrigir possíveis divergências.


VOLTAR PARA O ESTADÃO