04.02.2019 | 12h29

Carlos reclama de aliados do irmão

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) reclamou das abstenções dos deputados estaduais do PSL diante da votação que elegeu em chapa única André Ceciliano (PT), no sábado, 2, para presidir a Assembleia Legislativa do Rio, incluindo no bolo aliados do irmão, Flávio Bolsonaro, como Rodrigo Amorim, que se coloca como “soldado disciplinado” do senador eleito.


Das oito abstenções no pleito, sete foram do PSL. “Política não se faz com ataque de pelanca e fígado”, justificou o deputado da tropa de choque de Flávio, Alexandre Knoploch.

A deputada de São Paulo, Janaina Paschoal, compartilhou da indignação de Carlos.

 

 

 

 

Mais conteúdo sobre:

carlos bolsonaroAlerj
VOLTAR PARA O ESTADÃO