20.04.2018 | 22h00

Cara de um, focinho do outro

Em seu pronunciamento para o Dia de Tiradentes, Temer começa citando Cecília Meireles, mas não compara sua veia de poeta com a poetisa. Prefere se relacionar com o herói da Inconfidência Mineira:


“Que nesse 21 de abril, lembremos que Tiradentes foi acusado e condenado por lutar e defender um Brasil livre, forte e independente. Ao final, a história lhe deu a vitória maior”, disse.

Confira o pronunciamento completo:

VOLTAR PARA O ESTADÃO