16.07.2018 | 06h27

Caos financeiro no governo de MG

A saúde é a área mais atingida pelo caos financeiro do governo do petista Fernando Pimentel em Minas Gerais. Reportagem do Estadão mostra leitos fechados, médicos em greve por questões salariais, UTIs funcionando de maneira precária e até o risco de faltar soro.

Em entrevista ao jornal, o secretário de Fazenda, José Afonso Bicalho, admite a situação crítica das contas públicas. O economista Raul Velloso diz que Minas está pior que o Rio, que aderiu ao programa de recuperação fiscal com o governo federal.


VOLTAR PARA O ESTADÃO