02.04.2018 | 11h01

Candidatos sim, mas sem foro

Os candidatos desta eleição com cargos eletivos vão ficar sem a proteção do foro privilegiado a partir de sábado, quando vence o prazo para deixarem o conforto de suas cadeiras. Podem, com isso, virar alvos da força-tarefa da Lava Jato, segundo lembra O Globo nesta segunda-feira, 2.

A lista de investigados inclui os governadores Geraldo Alckmin, Beto Richa e Marconi Perillo, e o ministro Gilberto Kassab, que ficarão expostos aos riscos de flechadas nos próximos seis meses. Todos eles dizem ser inocentes.


VOLTAR PARA O ESTADÃO