26.08.2018 | 08h37

Candidatos com propostas ou milagres?

Qual o nível de realidade das propostas dos principais candidatos ao Palácio do Planalto? Segundo a Folha, baixo. Reportagem deste domingo do jornal avalia que as ambições propostas por Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, Marina Silva e o candidato do PT serão difíceis de realizar no prazo e com a efetividade prometida pelos presidenciáveis.

Na economia, por exemplo, Bolsonaro promete eliminar o rombo nas contas do governo federal em um ano. Ciro e Alckmin em dois. O déficit no fim deste ano deve ser de R$ 157 bilhões e as previsões mais realistas do Instituição Fiscal Independente, órgão do Senado que monitora as contas públicas, sugerem que, no cenário mais otimista, o déficit não será eliminado antes de 2022. O “milagre” prometido pelos candidatos se repete em outras áreas: desmatamento, segurança e educação.


VOLTAR PARA O ESTADÃO