11.10.2018 | 09h24

Candidato fará nova cirurgia em janeiro

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deverá passar por nova cirurgia logo após uma eventual posse, caso seja eleito, segundo o cirurgião-chefe da equipe médica do candidato, Antônio Luiz Macedo. O especialista afirmou que a operação para fechamento da colostomia só poderá ser feita após o dia 12 de dezembro, mas que, como o procedimento requer duas semanas de recuperação, se o paciente fizesse a operação ainda neste ano não haveria garantias que ele estaria completamente recuperado para uma eventual posse, no dia 1.º de janeiro, informou o Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO