26.02.2019 | 11h46

Campos Neto fala em trabalhar pela ‘estabilidade da moeda’

Em sabatina no Senado na manhã desta terça-feira, 26, o economista Roberto Campos Neto, indicado para a presidência do Banco Central, afirmou que manterá seu “trabalho incansável na busca do cumprimento de sua missão: de assegurar a estabilidade do poder de compra da moeda, entendida como o cumprimento da meta para a inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN); e de assegurar um sistema financeiro sólido e eficiente”.

A expectativa é de que seu nome seja aprovado ainda hoje na Comissão de Assuntos Econômicos e no plenário do Senado. Também passam por sabatina Bruno Serra Fernandes, que ocupará a Diretoria de Política Monetária, e João Manoel Pinho de Mello, que será o titular da Diretoria de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do BC, informou o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO