21.07.2018 | 07h38

Campanha tucana ‘dopada’

A aliança de Geraldo Alckmin com o Centrão suscita análises, cálculos e, por que não?, metáforas. A candidatura do tucano recebeu uma injeção de anabolizantes, segundo escreve Luiz Weber, na Folha. Entretanto, não significa que o troféu será dele. A julgar pelos integrantes do bloco, Alckmin pode “sofrer as dores de um crescimento artificial e malformado”.


Mais conteúdo sobre:

Geraldo Alckmin
VOLTAR PARA O ESTADÃO