27.08.2018 | 16h48

Campanha pesou na saída de Jucá

A migração maciça de venezuelanos para Roraima virou o assunto mais polêmico no Estado e, claro, produziu reflexos políticos. O eleitor de Roraima está insatisfeito com a entrada descontrolada das pessoas que fogem da crise do país vizinho via Pacaraima e se instala desordenadamente ali ou na capital Boa Vista. O eleitor cobra providências dos governos local e federal e acha que nada tem sido feito. Resultado: nas pesquisas eleitorais têm descontado nos candidatos que acreditam ter responsabilidade por não haver uma solução.

Ciente da cobrança, Romero Jucá já tinha proposto a Michel Temer que fechasse a fronteira de Roraima pelos venezuelanos, que poderiam entrar por outros Estados. Temer não concordou. E Jucá, que disputa a reeleição para o Senado, decidiu pular fora da liderança do governo enquanto há tempo de salvar sua campanha. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO