12.09.2018 | 08h44

Campanha em nova fase

“É possível que a imprensa tenha se comovido mais com o atentado contra Jair Bolsonaro do que os eleitores. O primeiro resultado da pesquisa Datafolha após o ataque não confirmou, pelo menos até agora, as expectativas de que a facada iria favorecer, de maneira decisiva, a campanha do candidato do PSL”, escreveu o colunista Zuenir Ventura, no Globo.

Para o articulista, a partir de agora, uma outra campanha deve começar. Veremos o crescimento de Haddad (PT) e Ciro (PDT, mas tom será dado por Bolsonaro.


VOLTAR PARA O ESTADÃO