06.07.2018 | 13h24

Campanha com desfecho de festa julina

O confuso tabuleiro político nesta atual fase de consolidação de alianças pode ser comparado a uma festa julina, escreve Cristian Klein, no Valor. Tem o candidato na fogueira, noivas à procura de parceiros, o que não consegue subir no pau de sebo, balões outrora soltos e hoje murchos, o anarriê com a tintura integralista do “anauê”, enfim, “a impressão é que os parceiros se darão os braços em cima da hora”.


Mais conteúdo sobre:

Eleições 2018Festa junina
VOLTAR PARA O ESTADÃO