14.11.2018 | 19h49

Caminho facilitado para orçamento na Alesp

Uma das pautas enviadas para Alesp pelo então governador Geraldo Alckmin e que ficou travada devido a queda de braços entre tucanos e apoiadores do governo Márcio França finalmente foi aprovada na Casa: o Projeto de Lei nº 123/2018, que extingue o Instituto de Pagamentos Especiais de São Paulo (IPESP). Isso faz com que os advogados que já recebem aposentadoria ou pensão passem a ser pagos diretamente pelo governo (cerca de 10 mil profissionais). O projeto prevê ainda a devolução de parte do que já foi pago.

Com isso, a aprovação do Orçamento de 2019 para o Estado deve ser facilitada. O fim do Ipesp era uma das principais bandeiras dos governistas e agora os aliados do governador Márcio França devem facilitar as mudanças que serão propostas pelos tucanos para atender as promessas de campanha de João Doria.


VOLTAR PARA O ESTADÃO