19.10.2018 | 16h01

Câmara sem o comando do PSL

Para Jair Bolsonaro, a presidência da Câmara dos Deputados não deveria ser ocupada por um parlamentar do PSL, caso eleito, ao ser questionado sobre a indicação de Luciano Bivar, presidente licenciado do partido. A legenda terá, em 2019, a segunda maior bancada na Casa, podendo ainda ser a primeira.

“Com todo carinho que tenho por Luciano Bivar, acredito que ele terá lugar na Mesa (Diretora) conosco, mas o presidente da Câmara, no meu entender, teria que ser de outro partido, para exatamente formarmos uma base lá dentro”, alegou durante entrevista à Rádio Folha, no Recife, nesta sexta, 19.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO