13.11.2018 | 18h26

Calero: ‘Nomeação de Rocha é um escárnio’

O deputado federal eleito Marcelo Calero (PPS-RJ) e ex-ministro da Cultura do governo Temer, criticou duramente a ida do ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, para a Secretaria da Justiça do Distrito Federal, no governo de Ibaneis Rocha. Calero pediu demissão do governo Temer depois de denunciar o então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, que hoje está preso.

“Gustavo Rocha é velho conhecido do MDB. Ex-advogado de (Eduardo) Cunha, atuou diretamente a favor de Geddel no caso do edifício La Vue. Rocha também foi responsável pelo “indultão” de Natal, sustado por Carmen Lúcia. Ministro e chapa de Temer, agora Secretário de Justiça do DF. Um escárnio”, postou Calero na sua conta do Twitter. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marcelo CaleroGustavo Rocha
VOLTAR PARA O ESTADÃO