24.10.2018 | 20h12

Calero: ‘Chega de parlamentares presidiários’

O ex-ministro da Cultura e deputado federal eleito Marcelo Calero criticou o Supremo por permitir que o senador Acir Gurgacz atue como parlamentar enquanto cumpre sua pena no regime semiaberto. Calero ficou conhecido por denunciar irregularidades envolvendo Geddel Vieira Lima, então ministro da Secretaria de Governo da Presidência de Michel Temer.

“Ou seja, ele passa o dia no Senado e a noite na Papuda! Essa situação esdrúxula é um vexame para nosso Paīs! Chega de parlamentares presidiários”, criticou. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Marcelo CaleroAcir Gurgacz
VOLTAR PARA O ESTADÃO