06.11.2018 | 15h07

Cálculo do desemprego é ‘farsa’?

A colunista do Globo, Míriam Leitão, afirma que não em análise na publicação. Na segunda, 5, o presidente eleito disse que o cálculo de desemprego é “uma farsa”.

“Não é verdade que quem recebe Bolsa Família é tido como “empregado”. O conceito é mundial, recomendado pela Organização Internacional do Trabalho. É considerado desempregado quem procura por uma ocupação e não a encontra. A pessoa pode receber o Bolsa Família e estar a procura de um trabalho. O mesmo vale para quem recebe o seguro-desemprego. Já a pessoa que desistiu de procurar realmente não conta como desempregada, mas o IBGE calcula também o tamanho desse grupo. Ela passa para a estatística como desalentada”, escreveu a jornalista.


Mais conteúdo sobre:

desempregoBolsa Família
VOLTAR PARA O ESTADÃO