13.04.2018 | 06h42

Cala boca a delatores

Foi aprovado nesta semana na Comissão de Segurança da Câmara projeto que pune com multa e até prisão delatores que lucrarem no mercado financeiro com informações de suas colaborações judiciais.

O projeto, inspirado nos irmãos Joesley e Wesley Batista, da J&F, e que tenta desencorajar novas delações, pode ser aprovado na CCJ sem nem precisar ir ao plenário, mostra reportagem do Estadão.


Mais conteúdo sobre:

delações premiadascâmara
VOLTAR PARA O ESTADÃO