20.03.2018 | 09h00

Caixa vai reter lucro para reforçar capital e ampliar crédito

Com o capital enfraquecido, após servir a fins políticos no governo Dilma e realizar a concessão de empréstimos com critérios pouco ortodoxos no governo Temer, a Caixa deverá reter todo o lucro de 2017 para reforçar a musculatura e emprestar mais.

Segundo reportagem publicada pelo Estadão nesta terça-feira, 20, o banco vai divulgar um lucro de mais de R$ 10 bilhões, que será retido o descumprimento das regras internacionais de solvência bancária. Elas impedem o aumento do crédito, que ficou praticamente estável em 2017, com o atual nível de capital. / J.F.


Mais conteúdo sobre:

CaixaTemerDilma Rousseff
VOLTAR PARA O ESTADÃO