24.02.2019 | 18h55

Caiado defende DEM na base do governo

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, não fez meia palavras ao defender que o DEM passe a integrar formalmente a base do governo de Jair Bolsonaro. Para Caiado, é uma “falha burocrática” a sigla não ter declarado o apoio ao presidente. “Não existe isso, não tem a menor lógica. Não acho que seja apenas base. Acho mais. Acho que o partido tem responsabilidade, mais do que nunca, para se esforçar ao máximo para que todos os projetos caminhem e que tenhamos as respostas mais rápidas possíveis para que a sociedade comece a notar a diferença”, afirmou em entrevista publicada no Estadão deste domingo, 24.

“Posso garantir que, pelo menos da minha parte e daqueles todos com quem tenho conversado, na primeira reunião da executiva (nacional do DEM) deste ano o item número um da pauta deve ser exatamente a declaração de apoio à base”, afirmou.


Mais conteúdo sobre:

Ronaldo CaiadoDEMJair BolsonaroPSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO