09.03.2019 | 16h12

Caderneta foi aprovada por pais e jovens

A Caderneta do Adolescente que o presidente Jair Bolsonaro pretende reimprimir para todo o Brasil, por conter ilustração de como o jovem deve vestir uma camisinha para evitar gravidez ou doença sexualmente transmissível em suas últimas páginas, foi amplamente debatida pela sociedade civil na época de sua elaboração. Segundo a Folha, foram feitos testes em cinco cidades do País antes de ela ser distribuída, em 2009, após sugestão de pais, especialistas e dos próprios jovens quanto a seu teor e linguagem.

Documento



VOLTAR PARA O ESTADÃO