20.03.2018 | 10h38

Bretas toca o interfone e sai correndo

O juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato no Rio, tuitou hoje cedo frase do historiador Jaime Pinsky dizendo que “juiz não deve privilegiar amigos” quando ontem Gilmar Mendes determinou que sejam refeitas audiências de operação sob o guarda-chuva de Bretas que investiga a máfia do ônibus no Rio.


Na sequência, disse que só se pronuncia “sobre ideias, teses”, dando a entender que não tem nada a ver com a mixórdia.

 

Mais conteúdo sobre:

Marcelo Bretasgilmar mendes
VOLTAR PARA O ESTADÃO