30.05.2018 | 07h32

Brasileiro apoia greve, mas não quer pagar conta

A grande maioria dos brasileiros diz apoiar a greve dos caminhoneiros, mas rejeita pagar a conta dos benefícios concedidos à categoria pelo governo.

Pesquisa telefônica feita pelo Datafolha na segunda-feira com 1.500 pessoas e publicada nesta quarta pela Folha mostra apoio de 87% à paralisação, mas o mesmo percentual não aceita corte de gastos ou mais impostos para pagar a conta. Outros 59% acham que as concessões anunciadas pelo governo causam mais prejuízo que ganhos ao conjunto da sociedade.


VOLTAR PARA O ESTADÃO