15.03.2019 | 09h20

Brasil terá novo status em relação com os EUA

Durante a visita que o presidente Jair Bolsonaro fará aos EUA na próxima semana, o país dará ao Brasil o status de aliado preferencial fora da Otan. De acordo com fontes ouvidas pelo Estadão, a ação tem um significado imediato apenas simbólico.

Com o novo status, o governo brasileiro passa a ocupar posição prioritária em cooperação na área de Defesa. A ideia partiu dos próprios norte-americanos, mas não é uma exclusividade pela visita. Mais de uma dúzia de países é considerada aliada estratégica militar dos EUA e possui a mesma designação, incluindo Argentina, Jordânia e Tunísia.


Mais conteúdo sobre:

BrasilEUAOtanaliado preferencial
VOLTAR PARA O ESTADÃO