30.10.2018 | 16h10

‘Brasil quer fazer um Brexit’

Ex-chanceler nos governos Lula e Itamar Franco, Celso Amorim criticou a pretensão do futuro governo de não priorizar o Mercosul. “Vai esfarelar o Mercosul, será um grande desserviço à paz na região”, afirmou Amorim. Ele parece se esquecer, porém, de que, no período em que esteve à frente do Itamaraty, o Brasil deu prioridade à Unasul, formalizada em 2008, e “desidratou” o Mercosul.

Para ele, “o que Brasil quer fazer é um Brexit, só que aí é o maior (país) que está saindo”, disse o ex-chanceler. Amorim acrescentou que o Mercosul absorve 25% das exportações brasileiras de produtos manufaturados e que a paz na região não pode se desvincular da relação econômica entre os países do bloco.


Mais conteúdo sobre:

Celso AmorimMercosulBrexit
VOLTAR PARA O ESTADÃO