03.01.2019 | 12h41

Brasil pode surpreender?

Para o economista inglês Jim O’Neill, criador do conceito do Bric (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China, o crescimento brasileiro poderá estar entre as principais “surpresas agradáveis” da economia global dos próximos anos.

Mas isso, só se Jair Bolsonaro (PSL) de fato apoiar a agenda de políticas ortodoxas com a qual se comprometeu na campanha. Na visão de O’Neill, não seria impossível até mesmo o País avançar a um ritmo superior a 4% por vários anos. “Mas isso requer que as políticas do novo presidente sejam reais, autênticas e persistentes”, disse o economista em entrevista ao Valor.


VOLTAR PARA O ESTADÃO