25.05.2018 | 12h12

‘Brasil não pode tornar-se refém’

Para Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, afirmou ao repórter Rafael Moraes Moura, do Broadcast, que o Brasil “não pode se tornar refém de qualquer categoria profissional”.

O ministro é o decano da Corte. E acrescentou que “os danos ao interesse público que resultam desses atos de paralisação são extremamente graves e, portanto, não podem ser admitidos”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO