12.02.2019 | 09h57

Brasil articula envio de ajuda à Venezuela

Representantes do autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, afirmaram na segunda-feira, 11, que tiveram sinal verde do Itamaraty para montar um centro de ajuda humanitária em Roraima, de onde vão partir medicamentos e mantimentos para a Venezuela. Ainda no mês passado, o  vice-presidente, general Hamilton Mourão, havia falado sobre a possibilidade de o Brasil prestar ajuda humanitária ao país vizinho.

Eles se reuniram com o chanceler Ernesto Araújo, em Brasília, e combinaram uma visita conjunta, nos próximos dias, à fronteira entre os países. Não foi definido quando, de fato, a ajuda começará, informou o Estadão.

 

 


 

VOLTAR PARA O ESTADÃO