28.08.2018 | 14h17

Bolsonaro volta a usar ‘arrobas’

No mesmo dia em que pode virar réu no STF por racismo, Jair Bolsonaro (PSL) voltou a repetir uma das expressões que motivou a denúncia oferecida em abril pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Como relata a Folha, o candidato à Presidência disse em visita ao Ceasa-RJ nesta terça, 28: “No Japão tem pena de morte. Tinha um japa gordo, de uns oito arrobas, que foi pego uns dez anos atrás botando gás sarin no metrô. Foi executado no ano passado.”

Em 2017, a frase que motivou a denúncia foi: “Eu fui em um ‘quilombola’ em Eldorado Paulista. Olha, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO