08.02.2019 | 16h07

Bolsonaro sem sonda e dreno, diz boletim

O hospital Albert Einstein informou nesta tarde de sexta, 8, que foram retirados o dreno e a sonda nasogástrica do presidente Jair Bolsonaro. O paciente permanece com antibióticos, nutrição parenteral e “não tem disfunções orgânicas”, mas “melhoras nos exames”. Bolsonaro também segue sem febre e sem dor, segundo o hospital. Na quinta, 7, foi detectada uma pneumonia bacteriana em Bolsonaro.

Hoje, o perfil do presidente no Twitter postou a informação de que ele começou a comer e, em tom de brincadeira, que ele sente falta do pão com leite condensado. Também está prevista agora à tarde a visita do do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ao hospital, e do subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Jorge Oliveira.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO