15.03.2019 | 13h15

Bolsonaro se solidariza com neozelandeses

O presidente Jair Bolsonaro usou seu Twitter no início desta sexta-feira, 15, para se solidarizar com o povo da Nova Zelândia após o ataque a duas mesquitas que deixou 49 mortos e dezenas de feridos.


“Nossas profundas condolências ao povo da Nova Zelândia, familiares e amigos das vítimas do terrível massacre nas mesquitas em Christchurch. O Brasil condena totalmente essa crueldade! Nos unimos aos neozelandeses em solidariedade neste momento difícil. Que Deus conforte a todos!”, escreveu o presidente na rede social.

VOLTAR PARA O ESTADÃO