18.03.2018 | 07h23

Bolsonaro rejeita dinheiro de empresários

Pode parecer inverossímil, mas, segundo duas fontes ligadas a Bolsonaro, ele está rejeitando as contribuições de grandes empresários para a sua campanha.

Segundo as fontes, Bolsonaro, pré-candidato ao Planalto e agora filiado ao Partido Social Liberal (PSL), aceita o voto, agradece o apoio, mas quer distância do dinheiro.

O objetivo, dizem, é o de tentar manter a campanha limpa, para que ele não seja alvo de denúncias que coloquem em risco a sua imagem de candidato anticorrupção e possam comprometer a sua candidatura. / J.F.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroPSL
VOLTAR PARA O ESTADÃO