15.04.2018 | 15h45

Bolsonaro que não amava Rogéria

Rogéria e Carlos são mãe e filho. Jair é o pai. Em 2000, o pai escalou o filho para disputar com a mãe uma eleição na Câmara Municipal do Rio.

Separado dela, Jair Bolsonaro respondeu: “Não foi uma eleição de filho contra mãe, mas sim de filho com o pai”, disse ao Estado na época. “Para mim, ela já está morta há muito tempo”, complementou. A história com sombra de alienação parental é contada por Luiz Maklouf Carvalho, no Estadão deste domingo, 15.

 


Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO