09.01.2019 | 08h08

Bolsonaro pede segurança para Moro

O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta terça-feira, 8, que a PF tome providências para “garantir, diretamente ou por meio de articulação” com outros órgãos, a segurança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e de seus familiares.De acordo com despacho, a decisão foi tomada “diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo”.

Ex-juiz da Lava Jato, Moro tinha segurança especial quando atuava como magistrado em Curitiba. Procurado pelo Estadão na noite desta terça-feira, o ministério disse que não poderia dar informações por questões de segurança. A PF disse que não comentaria.


VOLTAR PARA O ESTADÃO