12.03.2019 | 09h39

Bolsonaro nega liberação de verba por reforma

O presidente Jair Bolsonaro negou na manhã desta terça-feira, 12, que verbas estejam sendo liberadas para parlamentares para a aprovação da reforma da Previdência. Segundo o presidente, os recursos atendem ao “rito constitucional e obrigatório do Orçamento Impositivo, onde é obrigatório a liberação anual de emendas parlamentares”, escreveu no Twitter.


“Informo que não há verbas sendo liberadas para aprovação da Nova Previdência como veículos de informação vem divulgando. Seguimos o rito constitucional e obrigatório do Orçamento Impositivo, onde é obrigatório a liberação anual de emendas parlamentares”, diz a mensagem postada.

VOLTAR PARA O ESTADÃO