03.11.2018 | 14h17

Bolsonaro: ‘Não sou salvador da pátria’

Em entrevista ao pastor Silas Malafaia, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que sua eleição não foi fácil e que só pode ser explicada “pelo amor de Deus”. A conversa, de aproximadamente dez minutos, foi gravada na última terça-feira, quando Bolsonaro esteve na sede da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, na Penha, zona norte do Rio, mas foi ao ar neste sábado, 3, no programa de mesmo nome, na Band.

“Longe de mim querer ser o salvador da pátria. Mas o País não podia continuar flertando com o comunismo, o socialismo, com o populismo, com o desgaste dos valores familiares”,  disse Bolsonaro, segundo o Broadcast Político. Sobre a formação de seu governo, ele reforçou que está em busca de nomes técnicos para os ministérios. “A consequência final do toma lá, dá cá é a ineficiência do Estado”, afirmou. “Por isso estamos montando um ministério de pessoas técnicas, que responda aos anseios da população e não a agremiações partidárias.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO