21.11.2018 | 17h28

Bolsonaro monta time forte

A incerteza que rondava a futura equipe ministerial de Jair Bolsonaro, ainda durante a campanha, vai produzindo um resultado surpreendente com o anúncio de seus auxiliares. Na economia, além de ter Paulo Guedes no comando, conseguiu atrair nomes respeitados como Joaquim Levy (BNDES), Roberto Campos Neto (BC), Roberto Castello Branco (Petrobras) e Mansueto Almeida (Tesouro).

Na Justiça, a chegada de Sérgio Moro foi um movimento de impacto. Se for confirmado, Mozart Neves trará peso para a Educação. Na Agricultura, Tereza Cristina é respeitada e é uma das líderes nacionais do setor. Outros ministros como Onyx Lorenzoni (Casa Civil), general Augusto Heleno (GSI), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) e Wagner Rosário (CGU) podem dar conta do recado. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

bndesequipe ministerial
VOLTAR PARA O ESTADÃO