27.11.2018 | 17h31

Bolsonaro: ‘Há outros acordos suspeitos além do Mais Médicos’

Jair Bolsonaro bateu forte no PT, acusando o partido de ter usado o governo para financiar “disfarçadamente” partidos alinhados ideologicamente na América Latina. “Após Cuba irresponsavelmente retirar-se do Mais Médicos por não aceitar dar liberdade e salário integral aos seus cidadãos, quase 100% das vagas já foram preenchidas por brasileiros. Está claro que o acordo do PT era pretexto para financiar a ditadura membro do foro de São Paulo”, escreveu na sua conta do Twitter.

E acrescentou: “Há outros acordos suspeitos claramente inviáveis que reforçam a ideia de que nosso país estava disfarçadamente servindo de fonte de renda de partidos alinhados ideologicamente na America Latina, com nossa soberania dando lugar a uma verdadeira submissão ideológica. Não mais!”, afirmou. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

BolsonaroMais Médicos
VOLTAR PARA O ESTADÃO